Cidades de papel


Quentin e Margo desde crianças eram vizinhos, e numa noite qualquer, Margo invade o quarto de Quentin propondo fazer 9 coisas. No dia seguinte, Quentin então, procura por Margo na escola, mas não a encontra, e ao voltar para casa, ele descobre que Margo fugiu. Como ela a conhecia, sabia que ela tinha deixado pistas para ele, e então ele vai à jornada em busca dessas pistas afim de encontrar a Margo.


Não preciso dizer que amei o filme né? Como vocês me conhecem sabe que eu estava doida quando noticiaram que Cidades de papel iria virar filme! É óbvio que eu fui obrigada a ir no cinema assistir, e olha que eu não sou de ir no cinema. 

Achei a atuação dos personagens do jeitinho que eu tinha imaginando ao ler o livro, os detalhes excepcionais, sobre a coleção de papais noéis negros da família de Radar, a vaca na pista (esse detalhe eles poderiam ainda ter feito de forma mais engraçada)... Apenas não gostei do final do filme, pois no livro fica ainda aquele quê de mistério, e no filme você fica lá perdido, apenas faltou um pouco mais de mistério no desfecho do filme, contando isso, o resto foi perfeito!


Estrelinhas: 

Gostaria de saber se vocês já assistiram Cidades de papel ou se gostaria, em conte aí embaixo, irei adorar saber ;)


Alice no pais das maravilhas (Lewis Carroll)


Esse livro conta a história de uma menina chamada Alice, que em um dia, viu um coelho branco correndo e então decide segui-lo, o que acabou causando a caída dela na toca do coelho, e então ela vai parar num mundo totalmente diferente daquele que ela vivia, com criaturas diversas e nas aventuras mais impossíveis!




Sempre tive o desejo de ler esse livro, pois desde que eu era criança, eu assistia o filme em desenho animado e nunca imaginava que ainda tinha uma outra história pro trás de tudo aquilo que eu assistia. Esse livro é de uma edição não tão comum, mas não é rara ok? As ilustrações são o que fazem eu mais ainda amar esse livro, pois são com uma imagem diferente daquilo que imaginávamos no filme.


Vocês já leram Alice no país das maravilhas? Me conte aí nos comentários :)

Primeiras Impressões: Eye Candy


Lindy é uma hacker de 21 anos com uma habilidade especial: ela consegue ver facilmente pistas e ligações no mundo digital que outras pessoas nao conseguem. Influenciada por sua colega de quarto a tentar um relacionamento online, Lindy começa a suspeitar que um de seus pretendentes seja um stalker com tendências assassinas. Quando a divisão de Crimes Virtuais de Manhattan descobre um potencial serial killer, todas as pistas levam a ele. Lindy, então, se une a alguns amigos hackers e decide ajudar a polícia a solucionar o caso, e passa a colocar o seu próprio conceito de justiça em prática nas ruas de Nova York.


Posso dizer que Eye Candy é uma série de deixar qualquer um sem fôlego. Drama, suspense e terror, nem preciso dizer que amei né? Mas confesso que quase deixei de assistir a série, pois o primeiro episódio deixa muito a desejar, mas claro, deram uma baita enrolada e aí sim nos últimos minutos que a história deu uma sacudida e foi pra frente!


Nunca esperei tanto pra acabar com uma série como desejei à essa. Ela é bem curtinha, apenas uma temporada com 10 episódios. O que irei dizer a seguir, vai soar como um spoiler pra quem não assistiu!
Eu estava desejando com toda a minha força de pensamento que o Tommy e a Lindy ficassem juntos no final, mas Tommy foi suficientemente trouxa de não ter ido atras da Lindy, eu queria que tivessem renovado Eye Candy, mas infelizmente por baixa audiência, ela foi cancelada! 




 
© Todos os direitos reservados :: voltar ao topo